quarta-feira, 22 de março de 2017

A morte da gramática

"O suspeito e a vítima mortal são vistas a discutir."

Acabei de ouvir isto na SIC dito numa peça sobre o homicídio à porta da discoteca Luanda. Um capítulo inteiro da gramática portuguesa suicidou-se. Os restantes estão às portas da morte. 

2 comentários:

  1. Na televisão, por vezes assiste-se a cada calinada... ai, ai, o Camões deve dar voltas e voltas no seu túmulo!

    ResponderEliminar