quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Telemóvel satânico

Tenho uma teoria que merecia ser estudada: a de que há uma ligação entre o meu sono e o toque do  meu telemóvel. Já a tenho há muito tempo, porém ela sai reforçada de cada vez que é preciso eu adormecer para o meu telemóvel tocar. E, minha gente, acreditem em mim: o bichinho toca realmente quando eu adormeço. Geralmente é mesmo mal eu adormeço. Chega a ser doloroso.

Como professora, o meu telemóvel passa muitas horas do dia sem som. Aproveito os intervalos para dar-lhe uma espreitadela, não vá ter sido contactada, e para ler os emails. Geralmente, durante as horas de aulas, quando o telemóvel podia tocar sem me aborrecer, não toca. Ninguém se manifesta, não recebo mensagens com promoções aqui ou além ou a lembrar-me de usar este ou aquele cupão de desconto. MAS se chego a casa e adormeço no sofá, ah gentes, é certinho que não me livro de duas mensagens e um telefonema: no mínimo. Para terem uma ideia, já chego ao desesperado acto de ter o telemóvel sem som quando estou em casa, pois já sei que ele tocará apenas quando for mais incómodo. 

E se isto acontecesse de vez em quando, até me resignava. Contudo, o problema é que acontece sempre, sempre, sempre que adormeço durante a tarde. Parece qualquer coisa saída da Lei de Murphy ou assim.

Portanto, se me contactardes durante a tarde e eu não atender ou responder ou se o fizer com umas valentes trombas, já sabeis que esta minha teoria de que o meu telemóvel existe para me estourar com o sistema nervoso e sabe quando estou a dormir entrou em acção. 

2 comentários:

  1. Sofro do mesmo mal, já cheguei a pensar em teorias de conspiração e tudo :) É que parece de propósito, raios. Tens toda a minha compreensão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É horrível. Às vezes parece que estão pregar-me uma partida. Agora tiro-lhe o som. Desisto!

      Eliminar