sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

(A)Normalidades de outros tempos

Além do livro do Mark Twain que ando a ler (genial), comecei, também, a ler este Amor e Sexo no Tempo de Salazar, de Isabel Freire. Vou no segundo capítulo e, mesmo já sabendo umas coisas sobre esta época da nossa história, ando de boca escancarada devido ao choque que sinto pela quantidade de coisas que nem consigo imaginar e que eram a normalidade da época. O lugar da mulher na sociedade era tão anuladinho, coitadinho, que é uma revolta constante. Imaginar aquele Portugal, que não foi assim há tanto tempo quanto possa parecer, é coisa que custa. Saber, então, como funcionavam as relações amorosas nessa época e a forma como a vontade da mulher era menos do que nada é um terror. Mas, enfim, é com o conhecimento do passado que melhor se pode olhar o presente e o futuro, por isso aí vou eu continuar a leitura. O meu queixo andará pelo chão durante mais uns tempos.


Notinha: A imagem foi retirada da página da Wook que avisa que o livro está indisponível. A editora é a Esfera dos Livros.

1 comentário:

  1. É de certeza interessante e como dizes, essa realidade não foi assim há tanto tempo atrás. Dá que pensar!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar